Moda Upcycling

Sustentabilidade é a palavra do momento, na moda não poderia ser diferente, estamos cada vez mais preocupados e a maior tendência dos últimos tempos é consumir menos e melhor.

Projetos como o “Who made my clothes” que nos chama a pensar em quem fez nossas roupas, o “Moda Livre” app que classifica a lojas a fim de evitar exploração e trabalho escravo e o projeto lindo da extinta oficina de estilo “substitua consumo por autoestima” ganham cada vez mais apoio e adeptos.

No caminho do Reduce, Reuse, Recycle vemos uma nova forma de consumo consciente o Upcycling, que propõe a recuperação e atualização de produtos e materiais sem que elas precisem passar pelo processo de de reciclagem, esse processo demanda menos energia e insumos já que não necessariamente é um processo industrial. Como a Insecta Shoes que reutiliza tecidos para fabricação de seus sapatos e a Uni.co que utiliza residuos de couro na fabricação de suas bolsas.

Assim como a Insecta e a Uni.co, algumas marcas menores e até brechós estão nesse movimento de recuperação das roupas para devolvê-las significado e valor. Entre elas estão a resgate fashion a thrif-tee que faz uma curadoria de camisetas ao redor do mundo e a re-roupa, aqui algumas das peças produzidas por eles.

 

 

View this post on Instagram

Quando desenvolvemos um produto a partir de retalhos e peças de segunda mão, encontramos alguns obstáculos, como a informação de composição dos tecidos. Temos muito cuidado ao misturar diferentes materiais em uma mesma peça, pois o cliente pode encontrar dificuldades com a manutenção dela, para lavar e passar por exemplo! Fazemos uma roupinha nova, com extremo cuidado para prolongar sua vida útil, e não apenas pensando no lado estético. Não queremos apenas ter uma matéria-prima reaproveitada, queremos que esta peça realmente faça sentido em re-existir! Esse Top Deu Nó, tem retalhos de calças jeans e sarja, de uma camisa e um tecido misto com poliéster, mas que aguenta uma temperatura elevada na passadoria, tudo testado antes da confecção. . . . When we develop a product from pieces of another second hand cloth we face some obstacles such as fabric composition. We pay a lot of attention when we mix fabrics due to the difficult that the costumer may have during washing and ironing the product. When we produce a new cloth we think about the style but we also think how to make it last. More than a beautiful cloth, we want something that make sense and have a reason to be remade. This top DEU NÓ is a mix of some jeans from some old pants, a twill from a second hand shirt and a polyester fabric. All tested before production. #reuso #retalhos #upcycling #modasustentavel #modaconsciente #sustainablebrand #slowfashion

A post shared by RESGATA • REPENSA • RECRIA (@resgatefashion) on

 

 

 

Quando percebemos
o impacto que nossas escolhas tem para o todo e que com elas nos expressamos seja a favor de trabalho escravo ou de projetos socioambientais mais humanos para o mundo, compreenderemos que a moda assim como nossa vida é política e é nosso dever pensar se nossas escolhas estão sendo inclusivas, harmoniosas e sensatas.

 

1 comment / Add your comment below

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: